Congresso
Vocę Participaria de um Congresso Bíblico?
Sim
Năo
Ver Resultados

Partilhe esta Página



Total de visitas: 37799
A ORIGEM DEMONÍACA DA ASTROLOGIA
A ORIGEM DEMONÍACA DA ASTROLOGIA

ALERTA:

A resposta é que a astrologia aparecia pela primeira vez em si mesma é uma fraude inteligente; e quando os astrólogos não são mentirosos impostores, os seus lenga-lengas astrológicos são realmente uma forma de adivinhação, e, por isso, uma fachada para a revelação demoníaca.

A ORIGEM DEMONÍACA DA ASTROLOGIA

A astrologia desenvolveu-se há milhares de anos atrás como uma perversão da astronomia. Astronomia tomou forma porque os "sábios" começaram a perceber que um conhecimento dos movimentos dos corpos celestiais os capacitaria a prever com sucesso os tempos e as épocas, informações necessárias para saber quando lavrar a terra e quando plantar. Por exemplo, no Egito antigo era extremamente útil saber que "a estrela Sírio aparecia pela primeira vez em sincronização com a cheia do rio Nilo”. Os tempos das águas e as estações do ano dominavam as vidas das pessoas; e assim os egípcios, os caldeus, e outros povos concluíam que toda vida era governada pela configuração periódica das estrelas.

O sol, a lua e as estrelas gradualmente adquiriam personalidades individuais e nomes. Esses se tornavam deuses e eram adorados! Israel foi advertido contra ser "seduzido" pelas estrelas-deuses, o "exército do céu" (Deuteronômio 4: 19; 17 :3-5). Eles sabiam e nós sabemos que o que eles sacrificavam "ao ídolo", sacrificavam, na verdade, a demônios (Deuteronômio 32: 17 1Corintios 10:19-20). As pessoas inteligentes não eram tão insensatas a ponto de crerem que eram essas estátuas em si mesmas que produziam alguma coisa, mas elas criam na astronomia, na interferência constante das estrelas-deuses nos eventos da Terra.

A ASTROLOGIA NÃO É UMA CIÊNCIA

Porque ambas, a astronomia e a astrologia, surgiram de um estudo das estrelas, muitas pessoas confundem as duas e erroneamente consideram que a astrologia seja uma ciência. Astrologia é uma falsa ciência. A ciência faz as suas predições usando generalizações que podem ser comprovadas, enquanto que a astrologia nos exige aceitar crenças que são difíceis de verificar, tal como a crença de que a "configuração momentânea dos corpos celestiais na data do nascimento de uma pessoa tenha um efeito no seu destino para o resto de sua vida".

Os astrólogos primeiro admitem que o Zodíaco (*) é dividido em períodos de tempos chamados de "signos", os quais determinam a natureza do indivíduo nascido durante tais períodos; segundo, que o Zodíaco é dividido em intervalos chamados de "casas", as quais governam os importantes aspectos de nossas vidas; e terceiro, que a Lua e cada um dos planetas têm a sua própria influência característica determinada pelos astros-deuses: Marte, deus da guerra ou do conflito; Vênus, deusa do amor etc. A posição desses corpos celestiais em um dia qualquer pressupostamente determinada o que acontecerá naquele dia na vida de cada indivíduo, variando conforme a trajetória dos astros relativos a cada "signo". A predição atual para cada signo pode ser encontrada nas colunas de astrologia de muitos jornais.

As inúmeras contradições na astrologia provam que ela não pode ser uma ciência. Uma recente publicação da revista científica "Nature", edição Dez'; 85, divulga o resultado de um teste científico experimental cuja conclusão, ao observar o comportamento das pessoas, "claramente refutou a hipótese astrológica" .

(*) O Zodíaco é a trajetória visível do Sol, da Lua e dos planetas através da esfera celestial.

ASTROLOGIA É UMA FORMA DE ADIVINHAÇÃO

Desde que as palavras sem nexo da astrologia não têm base em fatos, por que então tantas pessoas, inclusive pessoas talentosas e inteligentes, consultam os astrólogos? Alguns astrólogos conseguem enganar as pessoas porque eles enunciam as suas predições de uma forma tão inteligente que alguns aspectos são fadados a se realizarem; e também porque as pessoas só cuidam de lembrar daquelas predições que se realizam. Tais astrólogos são espertos enganadores.

Outros astrólogos, entretanto, têm uma misteriosa habilidade de fazer predições que se realizam, mas os seus palavrórios astrológicos são meramenté uma fachada para ocultar a verdadeira fonte do seu poder - demônios! Existem pessoas que podem predizer o futuro por meios sobrenaturais, demoníacos. No livro de Atos temos o exemplo de uma "jovem possessa de espírito adivinhador" , a qual podia prever o futuro (Atos 16: 16). Astrólogos que podem predizer o futuro são realmente adivinhadores.

DEUS PROÍBE ADIVINHAÇÃO

O cristão deve estar ciente de que a adivinhação é uma abominação que era punível com a lei de morte: "Quando pois algum homem ou mulher em tiver um espírito adivinho ... certamente morrerão" (Levítico 20:27). Por que Deus tão veementemente faz objeção ao uso da astrologia e de outras formas de adivinhação? Ele sabe que Satanás usará a astrologia para nos controlar e nos destruir, se necessário, para favorecer os seus objetivos. Ele abastecerá o astrólogo-conselheiro de informações de grande proveito a respeito de seus clientes. Ele sabe que eles se tornarão cada vez mais dependentes de seus conselhos e que submeterão em última análise cada faceta de suas vidas aos juízos deste conselheiro. Através deste conselheiro, Satanás terá então os clientes completamente sob seu controle. Os próprios, astrólogos afirmam que "a função do astrólogo é ajudar cada pessoa a entender a essência de sua natureza e a regra do seu destino". Mas desse modo o papel de Deus é usurpado! Queremos encontrar a nossa natureza e destino através de astrólogos e demônios em vez de ser através do Espírito Santo e das Escrituras? (I Coríntios 2:9­13).

DIREÇÃO PARA O POVO DE DEUS

Deus quer nos prover com a orientação necessária para nossas vidas. Ele espera que usemos as faculdades de observação e de lógica que Ele nos deu, inclusive a ciência e a tecnologia resultantes deles. Mas a nossa confiança tem de ser n'Ele, não em nosso próprio entendimento; e só então "Ele endireitará as nossas veredas" (Provérbios 3:5-6). "Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus" mago 1:5).

Vamos aprender do exemplo de Daniel e de seus amigos. Sobre eles está escrito que eram "instruídos em toda a sabedoria, doutos em ciência, e versados no conhecimento", e Ihes foram ensinadas "a cultura e a língua dos caldeus" (Daniel 1:4). Eles fizeram uso de s!'!u aprendizado para advertir o rei e, porque o poder deles provinha de Deus, eram "dez vezes mais doutos do que todos os magos e encantadores que havia em todo o seu reino" (Daniel 1:17-20). Eles eram homens de oração e fizeram uso desse poder (não da astrologia que conheciam), para conseguir o milagre necessário - a revelação e a interpretação do sonho do rei (Daniel 2: 1-28). Nós temos a mesma fonte infinita de sabedoria e poder que eles tinham - "E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho" (João 14:13). Não temos necessidade alguma de revelação astrológica!

Porém suponhamos que queremos saber alguma coisa que Deus não quer nos revelar; poderíamos obter a informação através do oculto? O rei Saul teve esse mesmo problema e ele buscou a informação através do oculto (1 Samuel 28:6,7,19). Ele buscou o oculto e Deus o destruiu no outro dia. Daniel buscou a Deus e Deus o abençoou maravilhosamente. A lição para nós é óbvia!

CONCLUSÃO

A astrologia é uma falsa ciência praticada pelos embusteiros (enganadores) e por aqueles que têm poderes demoníacos. Nós, os cristãos, não queremos tal" ajuda". Temos um Deus todo-poderoso que nos ama e que suprirá todas as nossas necessidades!

Alan Crosby

(Grace & Truth Magazine)

 

O irmão por quem Cristo morreu